14 de out de 2009

Alergias da primavera

A primavera chegou e para algumas pessoas, as alergias também! No entanto, os especialistas continuam sem saber por que algumas substâncias causam reações alérgicas em algumas pessoas e em outras não.

De um modo geral, as alergias manifestam-se através de doenças respiratórias (asma, rinite ou conjutivite), dermatológico (eczemas, urticária) ou outros (diarréias, por exemplo).
No entanto, a rinite é a doença mais comum nesta época. Os dois tipos de rinites existentes distinguem-se pela respectiva duração. A rinite sazonal, que acontece somente na época da primavera, onde existe uma concentração maior de pólen e fungo, causando obstrução nasal. E a rinite persistente que se manifesta durante todo o ano por ter sua origem uma sensibilidade alérgica ao pó e ácaros.
Algumas pessoas sentem uma piora, principalmente depois de passarem por momentos de tensão nervosa,(stress, ansiedade ou depressão). O que acaba sendo classificado como somatização, de um sentimento e emoções mal resolvidas, onde a rinite acaba agravando ainda mais o desconforto nas pessoas. A rinite, segundo a psicólogo Louise L. Hay, significa congestão emocional. Como a alergia é uma intolerância do organismo para com determinados produtos físicos, no emocional ela também retrata uma intolerância com o que o cerca.
Dos tratamentos feitos dentro da terapia holística, os que são recomendados são os florais de Bach e a auriculoterapia (acupuntura na orelha) que atuam no organismo como mecanismos de defesa e auxiliares para os tratamentos da medicina convencional.
Para saber mais a respeito desta matéria, neste domingo (18/10) às 10 hrs da manhã no SBT (local de SC), irá mostrar a entrevista na íntegra, que foi realizada no espaço Flor de Lys, com a terapeuta holística Fernanda Lima.

Nenhum comentário: