30 de ago de 2008

Mais exercicios visuais para relaxamento...

Exercício para controlar o Medo::


Começando pelo MEDO, gostaria de lembrar que o medo tem, como tudo na vida, sua face positiva. É ele, por exemplo, que nos impede de atravessar apressadamente uma avenida movimentada. Mas, na sua face negativa, o medo nos paralisa, emitindo falsos alarmes de que nossa vida corre perigo. E sentimos medo de sair de casa, de andar na rua, de frequentar lugares, de estar com pessoas, de iniciar ou romper um relacionamento.Tudo e todos passam a ser uma grande ameaça, fazendo de nossas horas verdadeiros momentos de descarga de emoções negativas.


Se este é o seu caso, sugiro que faça este exercício ao acordar e ao deitar, por 21 dias.


Vamos lá?




Sentado, feche os olhos, respire 3 vezes lentamente e lembre-se que sua intenção é pôr fim ao medo. E veja, sinta, perceba ou imagine que você está andando num imenso parque onde se sente pequenino e imagine que um dinossauro gigantesco vem se aproximando de você. Respire uma vez e sabendo que esta espécie cruel, predadora e destruidora simboliza seu medo, veja ou imagine um poderoso raio exterminador vindo do céu. Este raio fulmina o dinossauro e no seu lugar coloca um animal-guia que conduz você até um lugar seguro. Sentindo-se livre do medo e protegido pelo seu animal-guia, respire e abra os olhos quando puder.


Recomendo a todos a praticarem os exercícios mentais, se conseguirem persistir em fazê-lo, irão conseguir otimos resultados.

Porém, caso venha sentir que o seu medo esta fora de controle, como pensamentos obsessivos negativos, sempre achando que vai morrer, vier acompanhado de batimentos do coração acelerados, respiração ofegante, suor nas extremidades, profunda ansiedade a tudo que possa causar mal estar, procure um profissional especializado no assunto.

Se vier a sentir logo de inicio que o seu medo esta te dominando, sempre sera valido procurar um terapeuta com métodos naturais e mesmo que já esteja fazendo um tratamento psiquiátrico, as terapias naturais são sempre auxiliadoras!

Nenhum comentário: