30 de jul de 2008

Só a Natureza cura!

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é uma medicina natural. Em geral utiliza tratamentos seguros e não tóxicos com pouco ou nenhum impacto iatrogénico, no esforço de restabelecer o equilíbrio dentro do paciente e entre o paciente e o meio ambiente em que ele vive.
“Só a Natureza cura”, escreveu Florence Nightingale. E o que devemos fazer?…
Colocar o paciente na melhor condição possível para que a Natureza possa atuar sobre ele.
“Devemos procurar ajudar os mecanismos de auto-regulação do próprio corpo, apenas o suficiente para que ele por si próprio se restabeleça. Não devemos tentar forçar alterações no sistema corpo-mente mas sim proporcionar uma oportunidade, um espaço, para que o corpo-mente instintivamente se mova para mais saúde e bem estar”(Bob Flaws “A enxaqueca e a MTC” - Edições Andrei).
Na MTC trabalhamos em concordância com a natureza e não contra ela, e todos os que já passaram pela prática clínica sabem que, se por vezes esta medicina funciona mais lenta e suavemente do que a medicina ocidental moderna, noutras, num só tratamento, conseguimos devolver ao paciente um estado de saúde e bem estar que há muito ele não sentia.
No entanto, não devemos esquecer que “o especialista de MTC só considera que houve cura desde que o paciente seja capaz de atravessar as quatro estações do ano sem uma recidiva ou recorrência e que um mês de tratamento para cada ano de condição crónica é uma estrutura temporal generosa e realista.” (Bob Flaws “A enxaqueca e a MTC”- Edições Andrei).
Escutar o paciente, perceber o que o levou àquela situação, é fundamental. Dar-lhe o melhor apoio e carinho, vê-lo como um ser humano que procura e quer evoluir, é essencial para uma cura de fundo.
Para nós, pode ser gratificante retirar todos os sintomas do paciente, mas se não o direccionarmos para uma maior consciência de si próprio e para a busca do equilíbrio depressa os sintomas poderão voltar.

Nenhum comentário: